segunda-feira, 13 de março de 2017

Professora é morta após agredir criança e mãe com soda cáustica em Alagoas

                                       Cortesia internautas
Uma mulher de 40 anos, foi morta na noite deste sábado (11), após agredir uma criança e sua mãe com hidróxido de sódio (soda cáustica). Ana Luíza Caetano da Silva foi espancada por populares até a morte.

O crime aconteceu na Travessa Moreira Lima, no Centro de Anadia.

Segundo informações de moradores da cidade, a vítima morta era professora e sofria de problemas mentais. A mulher, ainda segundo as informações, dependia de medicação controlada e por não está fazendo uso de medicamentos, teria entrado em crise.

As vítimas agredidas sofreram queimaduras graves. A criança de três anos teve parte do rosto, olhos e boca ferida, já a mãe, sofreu ferimentos no corpo. Ambos foram socorridos e levados a uma unidade de saúde local, mas a criança, devido à gravidade dos ferimentos, foi transferida para o Unidade de Emergência do Agreste (UEA), em Arapiraca.

Após receber atendimento médico, a mãe da criança, de identidade não revelada, foi encaminhada por militares do Grupamento de Polícia Militr(GPM) de Anadia aaté a 6ª DRP, em São Mijguel dos Campos, onde foi ouvida e registrou boletim de ocorrência.

Ana Luíza, que leciona em uma escola do município, chegou a ser socorrida, mas morreu em consequência dos ferimentos.

A polícia ainda não tem informações sobre o que motivou a professora agredir mãe e filho. as informações são do Portal Alagoas web

Nenhum comentário:

Postar um comentário